facebook_pixel

Os vinhos amadeirados de Rioja

 •  131 views

By

Vinhos elegantes, com muita fruta mas ao mesmo tempo muita madeira. Essa foi, em geral, a opinião dos confrades da Confraria Viva o Vinho sobre os rótulos de Rioja que provamos no nosso Evento de abril. Depois de um mês de março um tanto atípico, em abril voltamos a realizar o encontro mensal em nossa casa. E neste mês teve muitos amigos participando pela primeira vez!

Lealtanza Capitoso Tempranillo DOC Rioja 2013 - VivaoVInho.ShopQuem nos acompanha viu que em abril também voltamos a lançar nossos packs para o evento. E durante o final de semana deixamos para provar dois dos vinhos junto com os amigos. O primeiro deles foi o Lealtanza Capitoso Tempranillo 2013, o vinho de entrada da vinícola.

Na avaliação do Emanuel, é um vinho descompromissado, ótimo para acompanhar uma refeição. Na taça é brilhante, com aromas que remetem a frutas vermelhas e um toque de madeira.

Na boca a primeira impressão foi de uma certa acidez, mas ele evolui bem na taça. É um vinho gastronômico e ficou muito bom quando comemos pãezinhos de calabresa. Ele pede harmonização com carnes, massas com molho vermelho e comidas condimentadas para mostrar seu verdadeiro caráter.

Lealtanza Reserva 2010 - VivaoVinho.shopO segundo vinho que levamos foi o Lealtanza Reserva Tempranillo 2010, um autêntico representante de Rioja, com seus 18 meses de passagem por barrica de carvalho francês e longo potencial de guarda.

Este vinho apresenta uma elegância extraordinária e um ótimo equilíbrio entre a tradição e a modernidade. Belíssimo na taça, brilhante, é aromático, com notas de frutas vermelhas maduras e um fundo de condimentos muito interessante.

Desperta o desejo de tomá-lo logo no primeiro minuto. Após um tempo na taça mostra-se gastronômico e muito persistente. É um vinho 2010, que já pode ser apreciado tranquilamente ou guardado para aquela ocasião especial.

Esses dois vinhos, além de mais dois da mesma linha, estão disponíveis no VivaoVinho.Shop.

Uma brincadeira interessante que fizemos durante a nossa reunião foi o teste das taças. Como vocês poderão ver nos vídeos, nós provamos o mesmo vinho em duas taças diferentes: uma grande, de 650ml, e uma Riedel, imensa (que não sei a capacidade). Todos foram unânimes em dizer que na Riedel o vinho ficou com aroma e sabor diferentes. Talvez porque o álcool evapore mais rapidamente, o vinho abra mais facilmente… enfim, vocês podem ver as impressões nos vídeos.

Assistam, divirtam-se e preparem-se para o próximo evento, no final de semana de 19 a 21 de maio: será sobre o Douro, em Portugal, região que tem vinhos fantásticos! Quem vai participar?

Veja nos vídeos todos os vinhos que provamos em nossa reunião presencial e as fotos dos participantes de outros locais

 

Comentários

Comentários

About the Author

Jornalista, multimídia e apaixonada por vinhos. Adoro ouvir e contar histórias. Essa mesma paixão me levou às redes sociais. Já o vinho…. ele veio junto com o Emanuel e faz parte dos nossos melhores momentos!