A Quinta da Lagoalva fez um belo trabalho nesse vinho que degustamos na visita promovida pela CVRTejo que fizemos à região do Tejo, para a vindima da Fernão Pires, uma das castas mais cultivadas de Portugal. Ele é um blend de Arinto, Fernão Pires, Alvarinho, Sauvignon Blanc e Verdelho. Uma curiosidade é que a colheita é realizada à noite para evitar oxidação e durante a fermentação é realizada uma hiper-oxidação. Com participação de 40% da Fernão Pires, o resultado é um vinho brilhante e claro na taça e aromático. Na boca um vinho untuoso, que enche a boca. Elegante, é um vinho gastronômico.

Quinta da Lagoalva did a wonderful job on this wine that we tasted during the visit promoted by CVRTejo that we did to the Tagus region, for the harvest of Fernão Pires, one of the most cultivated grape varieties in Portugal. It is a blend of Arinto, Fernão Pires, Alvarinho, Sauvignon Blanc and Verdelho. A curiosity is that the harvest is performed at night to avoid oxidation and during the fermentation a hyper-oxidation is performed. With the participation of 40% of Fernão Pires, the result is a bright and clear wine in the glass and very aromatic. In the mouth a smooth wine, which fills the mouth. Elegant, it is a gastronomic wine.

Lagoalva Talhão 1 Branco 2017
  • Ao abrir a garrafa
  • Na taça
  • A prova
  • Meia hora depois
3.8
Sending
User Review
0 (0 votes)

Comentários

Comentários