Esse vinho foi a estrela da degustação que participamos em nossa visita à região do Tejo, promovido pela CVRTejo para a vindima da Fernão Pires, uma das castas mais cultivadas de Portugal. Produzido pela Companhia das Lezirias, esse monocasta Fernão Pires tem produção limitadíssima. Proveniente de vinhas com mais de 40 anos, de baixa produtividade, apenas 400 garrafas foram produzidas em 2015. Tem passagem de 10 meses por barricas de carvalho francês novas. É um vinho complexo, elegante, protagonista. Em função de seu terroir, apresenta uma salinidade que o diferencia. Impossível passar indiferente. Nos anos seguintes houve uma ampliação ligeira da produção e agora estão engarrafando a safra 2017 com perspectiva de pouco mais de 1.000 garrafas.

This wine was the star of the tasting that we participated in our visit to the Tagus region, promoted by CVRTejo for the vintage of Fernão Pires, one of the most cultivated grape varieties in Portugal. Produced by Companhia das Lezirias, this 100% Fernão Pires has a very limited production. Coming from vineyards over 40 years old with low productivity, only 400 bottles were produced in 2015. It has a 10-month passage through new French oak barrels. It is a complex wine, elegant, protagonist. Due to its terroir, it presents a salinity that differentiates it. Impossible to pass indifferently. In the following years, there was a slight increase in production and are now bottling the 2017 harvest with a prospect of just over 1,000 bottles.

1836 Grande Reserva Branco 2015
  • Ao abrir a garrafa
  • Na taça
  • A prova
  • Meia hora depois
5
Sending
User Review
0 (0 votes)

Comentários

Comentários