Vila Chã – Um português em Campos do Jordão

 •  655 views

By

Um dos critérios para escolhermos os restaurantes que frequentamos é a carta de vinhos. Ela deve ser farta, variada e honesta. Sabemos que o custo de um vinho em um restaurante é maior do que no supermercado, por exemplo, mas essa diferença deve ficar em até 30%. É o que consideramos justo.

Por que estou falando isso? Porque da última vez que estivemos em Campos do Jordão, no início do mês, chegamos a entrar e sair de uma cantina italiana por esse motivo. A adega era razoavelmente variada, mas os vinhos estavam com uma diferença de mais de 100% dos preços que costumamos pagar. Não tivemos dúvidas: pagamos a água que bebemos, levantamos e fomos embora.

Nelson Gonçalves Jr, do restaurante Vila Chã

Nelson Gonçalves Jr, do restaurante Vila Chã

Estávamos com fome e teríamos de procurar outro lugar pra comer… mas nada justifica pagar um valor absurdo por uma garrafa de vinho. Não à toa, praticamente todas as mesas desse restaurante estavam consumindo outras bebidas, como sucos, refrigerantes e cervejas. Mas, para nós, uma boa massa só fica perfeita se for acompanhada por vinho.

A escolha foi acertada, pois acabamos descobrindo um restaurante sensacional: Vila Chã, um português simplesmente fora do comum. O diferencial começa no cardápio: em vez de uma lista com os pratos disponíveis, traz a história e vários detalhes de cada um. O mesmo acontece com a carta de vinhos, um verdadeiro livro com quase 30 páginas, apresentando um pouco das regiões vinícolas de Portugal e cada um dos vinhos disponíveis.

Quando está em um lugar desses, o Emanuel sempre gosta de falar que é “português de carteirinha” (nós dois temos cidadania portuguesa) e ao saber disso o garçom logo chamou o dono, Nelson Gonçalves Jr, também descendente de portugueses. Nelson já foi inúmeras vezes a Portugal e sabe muito sobre o país, as vinícolas e os vinhos. Ficamos um bom tempo conversando! Adoramos aprender com outras pessoas.

A comida também estava fantástica! Eu estava com muita vontade de comer alheira (adoro!), mas o prato era muito grande. Nelson recomendou os bolinhos de bacalhau de entrada e estavam simplesmente divinos. Como prato principal, pedimos um polvo ensopado maravilhoso.

Polvo com batatas e brócolis, do restaurante Vila Chã

Polvo com batatas e brócolis, do restaurante Vila Chã

EsporãoComo falamos antes, um ponto muito importante é a carta de vinhos e a do Vila Chã é especial. Cerca de 80% é composta de vinhos portugueses. Na primeira página há uma série de promoções e o Emanuel logo viu uma imperdível, um Esporão Tinto 2012 pelo preço que costumamos pagar no supermercado!

Trata-se de um Alentejano muito bom, daqueles de deixar saudade e que caiu super bem com o prato escolhido. O Emanuel fez o review.

Claro que comemos deliciosos doces portugueses depois disso tudo, mas não tiramos fotos.

Já estamos querendo voltar a Campos do Jordão em breve, pensando nas outras delícias do cardápio desse restaurante! Se você passar pela cidade, não hesite: vale muito a pena!

Fotos: Emanuel Alexandre Tavares

 

Esporão Reserva 2012
  • Ao abrir a garrafa
  • Na taça
  • A prova
  • Meia hora depois

Minhas impressões

Encontrar um Esporão Reserva em uma carta de vinhos e em promoção é um prêmio à busca por pagar um preço justo por um produto. Este vinho é um dos meus favoritos. Um Alentejano de alta estirpe, aromático, persistente na boca, madeira no ponto certo. Ao abrir a garrafa ele apresentou um pouco de acidez, mas essa impressão desapareceu com apenas 10 minutos de taça. No site da produtora há uma ficha técnica muito bem escrita – http://esporao.com/vinhos/esporao-reserva-tinto-2012 – onde eles informam que a safra 2012 foi muito especial, com uvas de alta qualidade. Eu pude comprovar e mal posso esperar por bebê-lo novamente.

4.5
User Rating 0 (0 votes)
Sending
Comments Rating 0 (0 reviews)
About the Author

Jornalista, multimídia e apaixonada por vinhos. Adoro ouvir e contar histórias. Essa mesma paixão me levou às redes sociais. Já o vinho…. ele veio junto com o Emanuel e faz parte dos nossos melhores momentos!

 

No Comment

  1. Antoine De Lima Alves / 16 de março de 2016 at 20:31

    Bonjour,

    Sur cette exellent Esporao Reserva 2012, on plat de viande grillé ou gibier serait parfait.

    A mon gout avec le plat de poulpe, je serai pour un vin chardonnay blanc l’accord seria plus harmonieux 🙂 ou bien un Esporao blanc…mais je connais pas !

    http://tamaralagence.e-monsite.com/