Esse tal de Beaujolais Nouveau…

 •  598 views

By

Falar sobre a enorme variedade de vinhos que existe hoje não é nenhuma novidade. Existem vinhos para todos os gostos: fortes, amargos, suaves, amadeirados, frutados, doces e por aí vai. No entanto, existem vinhos famosos que atingem preços altos, mas que são pouco apreciados por aqueles que se dizem “entendedores de vinhos”. Um deles é o Beaujolais Nouveau.

Beaujolais Nouveau - Viva o VinhoUm vinho tinto produzido com uvas Gamay na região francesa de Beaujolais, que possui um detalhe interessante: sua produção dura menos de 10 semanas e a fermentação ocorre poucas semanas antes de seu lançamento, que é sempre na terceira quinta-feira de novembrodia conhecido como o Dia do Beaujolais Nouveau.

Para ser bebido jovem, à primeira vista, ou primeiro gole, o vinho não chama muita atenção: leve, fresco e frutado, um vinho simples que agrada facilmente a todos. Mas então, o que será que tem de tão especial nele? Por que é tão comentado?

Tudo começou na II Guerra Mundial

Bom, todo o marketing em cima do Dia do Beaujolais Nouveau não é à toa, e existem alguns fatores para isso: um deles é a produção do vinho, realizada com o método chamado maceração carbônica, no qual uvas inteiras são expostas a um ambiente rico em gás carbônico e com pouco oxigênio, o que faz com ele fique mais fresco e frutado.

Beaujolais Nouveau - Viva o VinhoAlém disso, sua história também é muito interessante: até o final da II Guerra Mundial, era produzido com rapidez para abastecer a população local e comemorar o fim da colheita, sem que os inimigos pudessem se apoderar dele (lembram que os alemães invadiam as caves francesas?). Só foi reconhecido pela legislação em 1951. Com o passar do tempo, o que era inicialmente uma celebração local, para poucos, foi ganhando importância e chegou à região de Paris.

É aí que a corrida começa: com a chegada do vinho à região parisiense, os produtores começaram a competir para ver quem chegava primeiro aos consumidores da cidade. Por isso, logo sua data de lançamento foi regulamentada, ocorrendo na terceira quinta-feira de novembro em diversas regiões da França, sob fogos de artifício, música e muita festa (para a sorte das empresas de turismo)!

Aliás, não é só em Paris que a festa acontece! O vinho também já chegou a outros países que comemoram em grande estilo, como é o caso do Japão, em que os apreciadores entraram em uma banheira de vinho para comemorar!

No final de tudo é exatamente isso que importa! Não é preciso ter um sabor inigualável ou um envelhecimento que dure décadas, o que importa em um vinho é sua capacidade de unir as pessoas e celebrar os bons momentos.

Comentários

Comentários

About the Author

Publicitário, trabalha com planejamento e produção de conteúdo para redes sociais, mas na verdade quer se tornar professor. Apaixonado por música, games, livros e gastronomia. Um pouco boêmio, mas ainda um novato no mundo dos vinhos.