facebook_pixel

Almoço de domingo na Grand Cru

 •  658 views

By

Domingo… Apesar de amarmos ir para a cozinha, dessa vez bateu preguiça e o sol brilhando do lado de fora estava convidativo demais.

Resolvemos matar saudade de um bistrot que gostamos muito, o Grand Cru de Moema. É uma loja de vinhos, mas com mesas onde se pode apreciar uma bela refeição. O mais interessante é que se paga o valor de loja pelos vinhos e há uma infinidade de opções. Outra razão para a escolha é que soubemos que recentemente eles reformularam o cardápio. Tínhamos de conferir.

Burrata, do restaurante Grand Cru Moema

Burrata, do restaurante Grand Cru Moema

Fomos recebidos pelo Maitre Dourado que nos arrumou uma excelente mesa, literalmente cercada por garrafas de vinho, em uma atmosfera bem legal de loja. Logo em seguida, o Sommelier Adriel fez as honras de nos ajudar a escolher um bom vinho em função dos pratos, tipo de uva desejado e valor. Um trabalho muito profissional.

No almoço de sábado e domingo eles têm uma promoção especial: o cliente paga um valor fechado e pode selecionar uma entrada, um prato principal e uma sobremesa do cardápio. O diferencial é que não há restrição de escolha. Você pode selecionar qualquer item e isso não é comum nessa modalidade.

Os pratos

Prime Rib Angus ao Molho do Chef, acompanhado de Risoto de Favas Verdes, do restaurante Grand Cru Moema

Prime Rib Angus ao Molho do Chef, acompanhado de Risoto de Favas Verdes, do restaurante Grand Cru Moema

A seleção não é coisa simples: há muitas opções que gostamos.

Do meu lado, como entrada eu selecionei Burrata, mas essa é um pouco diferente: no lugar do queijo frio e cremoso, ele é servido quente, envolto por bacon crocante e calda de limão. Já a Renata optou por um delicioso Creme de Grana Padano, com uma porção de Ceviche de Polvo no centro. Diferente, gostoso, peculiar.

Para os pratos principais fomos de carnes, que fizeram excelente dupla com o vinho escolhido. No meu caso, um enorme Prime Rib Angus ao Molho do Chef, acompanhado de Risoto de Favas Verdes. Foi, literalmente, uma grande surpresa, pois ele veio com um pedaço de osso, que deixa a carne ainda mais apetitosa.

Paleta de Cordeiro do Chef com Polenta Trufada, do restaurante Grand Cru Moema

Paleta de Cordeiro do Chef com Polenta Trufada, do restaurante Grand Cru Moema

Como a Renatinha é mais delicada, comeu uma Paleta de Cordeiro do Chef com Polenta Trufada. A carne veio desmanchando, depois de oito horas assando, e o acompanhamento de polenta harmonizava perfeitamente.

A minha sobremesa tinha um nome enorme: Semi Freddo de Capuccino com Amêndoas Crocantes Caramelizadas e Raspas de Chocolate Amargo. Gelado e muito gostoso, ótima para o dia quente. Como quer manter a linha, a Renata pediu Panacotta de Baunilha ao Mirtillo como sobremesa. Uma espécie de pudim bem leve, com calda de frutas vermelhas.

O vinho

Remhoogte Estate Wine Valentino Syrah 2011

Remhoogte Estate Wine Valentino Syrah 2011

Depois de tudo isso, ficou faltando falar do vinho. Foi uma escolha curiosa. Eu comecei pensando em um Merlot, mas os dois indicados pelo Adriel eu já conhecia e queria tentar algo diferente.

Fui então procurar um Syrah e o Adriel logo me recomendou um Remhoogte Estate Wine Valentino Syrah 2011, um excelente sul-africano, aromático, denso, marcante no paladar.

O sommelier o colocou em um charmoso decanter em forma de cobra, arejando bastante o vinho, e nos atendeu com enormes taças Riedel. Tudo perfeito para aproveitar o máximo de um vinho como esse.

Como sempre, passamos horas curtindo o momento, conversando, rindo e aproveitando a refeição e o vinho. Adoramos fazer isso. Fomos os últimos a sair do bistrot no horário do almoço.

E você, como gosta de aproveitar seus momentos de lazer? Conta pra gente nos comentários!

Remhoogte Estate Wine Valentino Syrah 2011
  • Ao abrir a garrafa
  • Na taça
  • A prova
  • Meia hora depois

Minhas impressões

Um excelente Syrah. Aromático, presença interessante de frutas vermelhas e madeira. Uma cor densa, escura, maravilhosa. A rolha já denunciava isso. Uma borda violeta bonita e brilhante. No paladar, redondo, saboroso. Um vinho que deixa sempre você com vontade de beber mais. Os condimentos típicos da casta estavam bem equilibrados. Para fechar, muito persistente, tanto no nariz, quanto no paladar. Você fica um bom tempo com ele na boca. Foi perfeito com as carnes que pedimos no almoço.

4.5
User Rating 0 (0 votes)
Sending

Comentários

Comentários

About the Author

Matemático, DBA e desenvolvedor de sistemas, apaixonado por gestão de conteúdo online. Para a experiência de beber um vinho ser completa, precisa de excelente companhia. Com a Renata, divido taças em momentos mágicos.