facebook_pixel

Vincentin Maldito Malbec e um belo Prime Rib no Lilló

 •  436 views

By

Quando recebemos este vinho para colocar no VivaoVinho.Shop a primeira coisa que veio à minha mente é que precisaríamos de um belo corte de carne para acompanhá-lo. Afinal, é um Malbec produzido com esmero, a partir da combinação de três safras distintas, e que prometia muito.

Maldito by Vincentin 2011 2012 2013 - Lilló - Viva o VinhoTelefonei para o Luis Antônio, dono do restaurante Lilló, e conversei a respeito. Ele imediatamente me falou de três pratos do seu cardápio: o Prime Rib, um corte com osso de impor respeito, o Ancho e o Chorizo, e nesse sábado de carnaval fomos ao restaurante conferir.

O Lilló é um daqueles restaurantes aconchegantes, com um visual diferente. Há árvores dentro dele e na noite que fomos o teto estava aberto! O atendimento é atencioso e há pratos para todos os gostos, incluindo pizzas. Essa diversidade é que fez com que eu precisasse conferir o cardápio antes.

Lendo com calma os descritivos, a Renata optou pelo Ancho coberto com mix de cogumelos e risoto, e eu pelo Prime Rib com batatas rústicas e aspargos. A maciez e o ponto das carnes estavam perfeitos e os acompanhamentos saborosos.

 

O vinho

A estrela da noite era o vinho.

Maldito by Vincentin 2011 2012 2013 - Lilló - Viva o VinhoO Maldito by Vincentin é um daqueles que chama a atenção já na apresentação, pelo rótulo, garrafa e na história interessante de como foi feito, impressa no contra-rótulo. Como já comentei, é um Malbec produzido a partir de vinhos de três safras distintas, 2011, 2012 e 2013, e traz de cada uma características únicas.

É um vinho com grande potencial de guarda, que apresenta na taça uma cor escura e um alo rubi brilhante. As lágrimas descem lentamente, proporcionando um visual muito convidativo.

Os aromas são complexos e evoluíram muito bem ao longo do jantar.

No primeiro momento o fumo achocolatado, marca registrada de um bom Malbec, está presente, acompanhado de frutas negras e cravo. Um tempo depois surge um caramelo, seguido de um certo frescor. O fundo de taça é extraordinário e o fumo fica muito presente, em conjunto com o caramelo.

Na boca essa complexidade é refletida em um paladar que remete a chocolate e ameixas, que aos poucos deixa mais evidente o longo estágio em barricas de carvalho francês de primeiro uso que merece destaque. São 36 meses para a safra 2011, 24 meses para a 2012 e 12 meses para a 2013

O mais interessante é que não é um vinho pesado, ao contrário, com toda a sua potência, corpo e persistência, ele é muito elegante e pede realmente um belo jantar para aproveitá-lo ao máximo.

No nosso caso, aproveitamos a atmosfera proporcionada pelas árvores e pela iluminação diferenciada, os cortes macios e bem preparados de carne e a atenção da equipe para termos uma noite especial, onde este vinho protagonista nos proporcionou uma experiência daquelas que não se esquece.

Maldito by Vincentin 2011 2012 2013
  • Ao abrir a garrafa
  • Na taça
  • A prova
  • Meia hora depois
5.0
User Rating 0 (0 votes)
Sending
About the Author

Matemático, DBA e desenvolvedor de sistemas, apaixonado por gestão de conteúdo online. Para a experiência de beber um vinho ser completa, precisa de excelente companhia. Com a Renata, divido taças em momentos mágicos.